top of page
  • Foto do escritorElysanna Louzada

Descomplicando o Arco de Personagem

O arco de personagem é a jornada emocional e de desenvolvimento de um personagem em uma história. Ele envolve mudanças na personalidade, na motivação, nas crenças, nos valores e nas habilidades do personagem ao longo da história.

Ele pode ser dividido em três partes principais: o começo, o meio e o fim. A expressão “arco” é utilizada porque refere-se à jornada do personagem saindo de um lugar de conforto para uma trajetória que o levará novamente a um lugar estável, mas diferente daquele em que iniciou a narrativa. Espera-se que durante a história o personagem se torne mais complexo, mais denso e interessante.


Elementos mais comuns que compõem o Arco do Personagem:

  1. A situação inicial: O ponto de partida do personagem, antes do início da história.

  2. O desejo: O objetivo ou necessidade do personagem que o motiva a agir.

  3. O conflito: Os obstáculos e desafios que o personagem enfrenta ao longo da história.

  4. A mudança: A transformação gradual ou radical do personagem ao longo da história.

  5. O clímax: O ponto de virada mais importante da história, onde o personagem atinge um ponto decisivo em seu arco.

  6. A resolução: O resultado final da história e como o personagem lida com o seu novo estado.

  7. O tema: A mensagem ou ideia central que a história deseja transmitir por meio do arco do personagem.

Esses elementos precisam ser combinados de forma plausível e coerente para que façam sentido e tenham coesão narrativa. (Veja como construir personagens reais.)


Tipos de Arco de personagem

O arco positivo é aquele em que o personagem experimenta um crescimento emocional ou moral ao longo da história, transformando-se em uma pessoa melhor. Nesse tipo de arco, o personagem geralmente começa a história com algum tipo de falha ou defeito em sua personalidade, o que o impede de alcançar seus objetivos ou encontrar a felicidade. Ao longo da história, o personagem enfrenta desafios e obstáculos que o obrigam a confrontar suas falhas e a mudar sua maneira de pensar e agir. Essa mudança resulta em uma evolução positiva do personagem, tornando-o mais forte, mais sábio, mais compassivo ou mais corajoso, por exemplo. Geralmente é usado em histórias com estruturas narrativas como a da Jornada do Herói.

Um exemplo de arco de personagem com mudança positiva é o personagem Ebenezer Scrooge, do livro "A Christmas Carol" de Charles Dickens. No início da história, Scrooge é retratado como um homem avarento, egoísta e insensível, que não se importa com as pessoas ao seu redor. Ao longo da história, ele é visitado por espíritos que o levam a confrontar suas falhas e a mudar sua maneira de pensar e agir. No final, Scrooge experimenta uma mudança radical, tornando-se generoso, bondoso e compassivo, e passa a viver uma vida mais feliz e gratificante.


O arco negativo é aquele em que o personagem experimenta um declínio emocional ou moral ao longo da história, tornando-se uma pessoa pior. Nesse tipo de arco, o personagem geralmente começa a história com algum tipo de virtude ou valor, mas é levado, por uma série de eventos, a tomar decisões negativas, que o afastam de seus valores iniciais. Essas decisões e ações negativas acabam levando o personagem a um ponto em que ele perde a empatia do público e sofre as consequências de suas ações.

Um exemplo de arco de personagem de mudança negativa é o personagem ' Anakin Skywalker, da saga "Star Wars". No início da história, Anakin é retratado como um jovem Jedi com grande potencial e que defende os valores da Ordem Jedi. No entanto, ao longo da história, Anakin é corrompido pelo lado sombrio da Força e acaba se transformando em Darth Vader, um dos vilões mais icônicos do cinema. A mudança negativa de Anakin é resultado de suas escolhas e ações, que o levam a perder sua empatia e a sofrer as consequências de seus atos.

Os arcos de personagem de mudança negativa podem ser emocionalmente poderosos e interessantes, pois permitem explorar as consequências do egoísmo, da ganância, da arrogância ou da violência. No entanto, é importante equilibrar o declínio do personagem com momentos de humanidade e compaixão, de modo que o público ainda possa se conectar com ele.



Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page